Quarta-feira, 17 de Novembro de 2004

# Plano de Actividades para 2005

APROVADOS EM ASSEMBLEIA GERAL

14 DE NOVEMBRO DE 2004

A Direcção do GSSDCRM prevê para o ano de 2005, continuar o trabalho iniciado, e do qual se propôs levar a cabo, quando da apresentação do seu programa de trabalho, às ultimas eleições.

Fez parte do plano de 2004, a construção da Sede Social, e das Instalações de apoio ao serviço de Acção Social.
Não sendo da nossa responsabilidade, verificamos que as obras não andam com a urgência que lhe é devida, apesar de estarmos constantemente a ser pressionados pelo Sr. Delegado de Saúde, de Penacova, para a conclusão das obras. Acontece que o empreiteiro, Sr. António Coelho, tem retirado os pedreiros da obra para outros trabalhos que lhe vão aparecendo, estando a nossa com um atraso de meio ano, em relação ao pedido de urgência que lhe foi feito, na entrega dos trabalhos.

É nossa intenção continuarmos a realizar a tradicional Festa de Natal, agora mais alargada, sendo aí realizado o tradicional convívio entre associados, distribuição de lembranças e brinquedos pelas nossas crianças.

Continuaremos a colocar as nossas carrinhas à disposição dos nossos associados, para os transportar aos médicos, hospitais e centros de saúde. Também estaremos disponíveis para alugarmos as viaturas aos associados que se queiram organizar, para passeios, visitas, etc e que atempadamente façam a marcação das mesmas.

Como é do vosso conhecimento, a nossa funcionária Anabela sofreu um acidente de viação, graças a deus sem nada de maior. Neste acidente perdemos a nossa melhor viatura. Apesar de nos ter sido oferecida uma nova carrinha pela empresa com que tivemos o acidente, ficamos a aguardar uma resposta da Companhia de seguros, para o arranjo, ou a entrega de uma nova viatura, acontece que o seguro não considerou o acidente, em virtude de o tractor ter saído da obra, e o seguro só cobrir acidentes dentro da obra. Estamos a tratar com o Sr. Administrador da empresa Redevias, a solução para o problema, isto porque neste momento estarmos a necessitar de outra viatura, e de substituir a carrinha mais velha.
Também já solicitámos a Segurança Social, a oferta de uma viatura. Viatura essa que já nos estava quase a ser entregue, segundo informações recolhidas, não sabemos qual a causa para a situação, até à presente data, ainda nada nos foi oferecido.
Qualquer que seja a solução para estas duas situações, teremos que adquirir outra viatura em 2005.

ATL Apesar da autorização por parte da Segurança Social, para darmos inicio à Valência, até à presente data ainda não assinamos o acordo de cooperação. Estamos a ter algumas dificuldades de funcionamento, temos mais de quinze jovens no ATL, e têm que ser os pais a assegurar o seu funcionamento. Aqui também temos de dar uma palavra de louvor à Sandra, que esta a assegurar o funcionamento do ATL, não recebendo aquilo que tem direito.
Não queremos deixar de louvar também a Junta de Freguesia de Friumes, nas obras realizadas na Escola Básica do 1º Ciclo, para que o ATL possa funcionar dentro das exigências da Segurança Social.

Valência de Apoio Domiciliário – A SAD, está a funcionar dentro da normalidade, temos 10 idosos, ou seja sem vagas para satisfazer os pedidos de ajuda que nos vão chegando, para atendermos idosos que necessitam dos nossos serviços, isto, apesar de já por várias vezes termos solicitado o aumento da capacidade do acordo de cooperação junto da Segurança Social.

Depois de várias vezes, os nossos conhecidos, e amigos Zé do Barro e Adelino Joaquim, familiares de um casal de idosos, residentes em Friumes, nos terem solicitado Apoio Domiciliário para o Sr. José e esposa. E de todas as vezes lhes dizermos ser-nos impossível satisfazer tal pedido, por não termos mais vagas.
Acontece que o Sr. Julio de Belfeiro, recolheu ao Lar de Idosos da Cheira, em Penacova. Deixando-nos uma vaga em aberto.

Depois, e pela ordem de entrada, era um o Sr. José o contemplado. Falamos com o Zé do Barro, que aceitou pagar o excedente e assim apoiarmos as duas pessoas dentro da mesma casa.

Serviço de Refeições – Continuarmos a protocolar com o Município de Penacova, a confecção das refeições par as Escolas Básicas do 1º Ciclo de Miro e Friumes, e da Escola Itenerante de Miro.
No presente estamos a confeccionar cerca de 20 refeições diárias, para alunos e professores.

Secção de Futebol – Prevê para o próximo ano dar continuidade ao trabalho iniciado em já em 2002, e inscrever todos os escalões de formação, só assim, podemos garantir a sobrevivência do futebol sénior, (masculinos e femininos), com os subsídios que a CMP nos poderá dar por cada jogador inscrito, incluindo os subsídios para as deslocações.

Depois de cumprirmos a meta que nos propusemos, que era subirmos à Divisão de Honra da Associação de Futebol de Coimbra, a nossa proposta par o ano 2005, é não descermos de divisão.

Queremos continuar a servir os nossos atletas o melhor possível, por isso a direcção tudo irá fazer para o conseguir. O nosso esforço vai no sentido de no final dos jogos, dar uma sandes a cada jogador e aos seniores masculinos uma refeição de prato, já estamos a tratar junto dos talhos e dos restaurantes de Penacova, que à troca de publicidade gratuita dentro do nosso recinto em Miro, nos doarem os géneros, e confeccionarem as refeições.

Prevemos inscrever 120 atletas,

Queremos enviar para formação alguns treinadores, para assim podermos ter nos nossos quadros pessoas qualificadas para treinar as nossas equipas, bem como pessoas interessadas em primeiros socorros.

Finalmente o nosso Polidesportivo é uma realidade, era uma promessa do nosso Plano de Actividades par 2004, com a ajuda da CMP e Junta de Freguesia, temos um espaço limpo, onde as nossas crianças da escola Básica do 1º ciclo podem brincar, e ao mesmo tempo está a ser utilizado para treinos e jogos das nossas equipas de formação, e Seniores Femininos. Os Seniores obrigatoriamente têm que continuar a utilizar o Pavilhão Municipal de Penacova.

A nossa secção neste momento encontra-se bem equipada a nível de equipamentos e bolas para treinos e bolas oficiais para jogos e para todos os escalões.

Estamos a tratar com várias firmas a oferta de novos equipamentos, e que sejam todos iguais para que equipem de um só padrão. Aproveitamos par agradecer às firmas, Tânia e Filipa de Miro, ao José Henriques de Penacova e ao Café Beta e Serra e filhos, a oferta dos primeiros equipamentos.

Escola de Natação – Vamos dar continuidade a Escola de Natação, prevemos para 2005, termos em actividade cerca 50 alunos distribuídos por 5 turmas. As aulas vão ser às quartas, quintas e sábados.
Estamos a tratar com jovens de S. Martinho da Cortiça a formação de uma turma, com garantia de transporte.

Campos de Férias – Vamos dar continuidade ao trabalho iniciado nos anos anteriores, queremos com a ajuda do IPJ, organizar Campos de Férias no Carnaval, Páscoa e no Verão.

Os Campos de férias são uma forma de proporcionarmos aos nossos jovens umas férias diferentes, e ao mesmo tempo recebermos na nossa aldeia jovens oriundos dos mais diversos pontos do país.

Intercâmbio – O Intercâmbio é uma forma dos jovens conviverem mutuamente nas mais diversas vertentes, que vão desde o desporto, cultura, recreio, ambiente etc.

Depois do sucesso verificado nos Intercâmbios que temos levado a efeito, É nossa intenção, no próximo ano fazermos Intercâmbio com Associações do Brasil. Os nossos jovens estão disponíveis par custearem as despesas em 50%, a direcção tudo fará par conseguir os subsídios suficientes par levarem a cabo esta ideia.
É nossa intenção no Verão de 2005, recebermos nossos amigos das várias Associações que nos receberam, na nossa deslocação à Ilha da Madeira. E proporcionar-lhe uma estadia igual ou se possível melhor que aquela com que eles nos presentearam quando os visitámos.

Temos recebido convites para a disputa de jogos de Futsal, estamos a estudar uma forma para que o convite mais uma vez se tornar uma realidade, e para os diversos escalões.

Paaj – Este é mais um programa de apoio as actividades juvenis, tem sido um programa com que temos contado para apoio nas mais diversas actividades que vamos desenvolvendo durante o ano.

Este ano recebemos um Apoio para as Obras que estamos a realizar. Para 2005, iremos solicitar ao IPJ, que nos continue a financiar , para a conclusão das mesmas.

Com este programa pretendemos adquirir os equipamentos necessários para montarmos a cozinha a lavandaria, para assim podermos satisfazer as necessidades com que mais nos debatemos neste momento, para o Apoio Domiciliário e secção de futebol. (confecção de refeições para os utentes e tratamento de roupas dos utentes e equipamentos das equipas de futebol).

É com este programa que nos ajuda a pagar o telefone, os telemóveis e a agua do campo.

Transportes – Vamos continuar a protocolar com a CMP, no transporte dos alunos.

Iremos elaborar programas de incentivos aos nossos associados com passeios e visitas a vários pontos do país..

Associados – Sobe o lema Proponha um novo associado “Queremos ser a maior associação do concelho de Penacova”, - Não atingimos a meta a que nos propusemos, que era no final de 2004, termos mais de 300 associados, esperamos que este numero seja uma realidade em 2005.


publicado por mnogueira às 11:38
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2006

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
29

30
31


.posts recentes

. I Final-Four “Evoluir o F...

. Rainha Santa Isabel desce...

. VAMOS TODOS A VILA VERDE

. Bispo de Coimbra Visita S...

. PREVENÇÃO DA GRIPE DAS AV...

. Artigo do Jornal Futsal

. ELEIÇÕES PARA OS ORGÃOS S...

. FESTA DE NATAL

. Programa Eleitoral e cand...

. # Festa de Natal

.arquivos

. Julho 2006

. Junho 2006

. Março 2006

. Dezembro 2005

. Outubro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds